Escola de referência para acolhimento

A Portaria nº82/2020 de 29/3, define as profissões que dão direito aos pais para solicitarem acolhimento para os seus filhos nas escolas de referência.
Todos os Pais e/ou Encarregados de Educação que necessitem deste apoio devem solicitá-lo junto do DT, titular de turma ou diretor da escola.
Anexa-se o ficheiro com as escolas de referência do Alentejo

Interrupção Letiva – APOIOS À FAMILIA

Na sequência da interrupção letiva e não letiva decretada ontem, 21 de Janeiro de 2021, em conselho de ministros em estabelecimentos escolares ou equipamento social, o Governo decidiu reativar um conjunto de apoios descritos no Decreto-Lei n.º8-B/2021:

  1.  Faltas Justificadas ao Trabalho e Acesso ao Apoio Excecional às Famílias – Ao abrigo deste mecanismo, os pais que tenham de faltar ao trabalho para prestar assistência ao filho ou dependente a cargo têm o direito de receber apoio correspondente a 2/3 da sua remuneração base, com um limite mínimo de 665 euros e um limite máximo de 1995 euros. O apoio abrange trabalhadores por conta de outrem, trabalhadores independentes e os trabalhadores do serviço doméstico. Salientamos que não são abrangidas situações em que é possível a prestação de trabalho em regime de teletrabalho. O apoio é devido nos casos de assistência a filhos ou dependentes a cargo que sejam menores de 12 anos, ou, no caso de assistência a filhos ou outros dependentes com deficiência/doença crónicas sem limite de idade. O apoio só será atribuído a um dos progenitores, não podem receber este apoio em simultâneo independentemente do número de filhos ou dependentes. Caso um dos progenitores se encontre em teletrabalho, o outro não poderá receber este apoio. Para aceder a este apoio, os pais devem preencher a declaração MODELO GF88-DGSS e remetê-la à entidade empregadora.

    Para mais informações consulte o site da Segurança Social em http://www.seg-social.pt/
  2. Rede de Escolas – À semelhança do que aconteceu no ano anterior durante o primeiro confinamento, o Agrupamento de Escolas faz parte da rede de acolhimento, devendo assegurar a receção e acompanhamento dos filhos ou outros dependentes a cargo de trabalhadores de serviços essenciais identificados na Portaria n.º 82/2020.
  3. Refeições- No que diz respeito às refeições os alunos dos escalões A e B da ação social escolar podem solicitar a disponibilização das refeições necessárias.

Por fim, gostaríamos de deixar uma mensagem de esperança a todos os Pais e Encarregados de Educação que estão neste momento a atravessar dificuldades devido à pandemia Covid-19. Salientamos que todos os profissionais do Agrupamento de Escolas de Arraiolos estão empenhados em fazer tudo o que estiver ao seu alcance para mitigar os efeitos adversos da suspensão letiva.

Suspensão das atividades letivas e educativas

Conforme decidido no Conselho de Ministros de hoje, dia 21 de janeiro, em virtude da evolução da pandemia, a partir de amanhã, dia 22 de janeiro e até ao dia 5 de fevereiro, estão suspensas as atividades letivas e educativas, desde a educação pré-escolar até ao ensino secundário incluindo as atividades do Centro Qualifica.

À comunidade educativa

18/01/2021

Tendo em conta a situação epidemiológica em que nos encontramos e, para que de alguma forma possamos tranquilizar pais, alunos, funcionários e docentes, somos a informar o seguinte:

  • Neste momento o Agrupamento regista 7 casos positivos à Covid19 (6 alunos e 1 professor);
  • Estes resultam no isolamento profiláctico de 6 turmas da EB 2,3/S Cunha Rivara e o encerramento da EB1 da Igrejinha;
  • Todas estas turmas estão em E@D, devidamente autorizado pela Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares do Alentejo;
  • Devido ao facto de existirem bastantes professores em isolamento profiláctico, analisamos a situação caso a caso e dia a dia para alterar horários e/ou accionar aulas online, sempre que possível;
  • Importa referir que existem vários alunos, funcionários e professores com contactos próximos com casos positivos e que neste momento estão a aguardar testes.

A CAP do Agrupamento, em estrita colaboração com a Câmara Municipal e a Autoridade de Saúde Local, tudo fará para que o processo seja gerido da forma mais equilibrada possível.
Alertamos para o facto de, neste momento, devido ao elevado número de casos no Concelho e Distrito, as respostas por vezes serem menos céleres.
Relembramos que é essencial que todos cumpramos as regras de confinamento, bem como distanciamento social, uso de máscara, etiqueta respiratória, lavagem e/ou desinfecção frequente das mãos. Sempre que algum elemento da Comunidade tenha
contactos próximos com casos positivos e/ou desenvolva sintomas, deve permanecer em casa e ligar para a linha de saúde 24.
Relembramos ainda que a decisão de encerramento das várias escolas do Agrupamento é da responsabilidade das Autoridades de Saúde Pública.
Enquanto esta situação durar faremos um briefing semanal, às sextas, para atualizar dados e dar a conhecer a situação do nosso Agrupamento.
Estamos juntos nesta batalha e envidaremos todos os esforços para que tudo corra da melhor forma possível!

A CAP

ASSINATURAS QUE MUDAM VIDAS

O Agrupamento de Escolas de Arraiolos encontra-se a participar na atividade “Maratona de Cartas” da Amnistia Internacional.

O objetivo desta atividade é enviar cartas e recolher assinaturas em defesa de pessoas em risco, devido à sua luta pelos Direitos Humanos.

É o maior evento de ativismo do mundo, organizado pela Amnistia Internacional. Com a Maratona de Cartas, o mundo inteiro atua em defesa de um conjunto de casos selecionados e esse movimento global permite, muitas vezes, mudarmos as vidas dessas pessoas. Lutamos juntos. Vencemos juntos.

Todos os anos enviamos centenas de milhares de cartas e assinaturas em defesa de pessoas em risco. E, todos os anos, uma mudança positiva e um impacto real acontece devido a essas ações.

A Maratona de Cartas é o exemplo de que juntos e juntas conseguimos fazer a mudança. Juntos e juntas conseguimos vencer.

ASSINAR

Conheça os seis casos que estamos a defender este ano, assine e partilhe nas suas redes! Quantas mais pessoas assinarem, mais possibilidades temos de conseguir um impacto real e um mundo mais justo.

Ajudem-nos a ajudar. Resistimos Juntos, Vencemos Juntos!

Como participar:

1- Basta aceder ao link: https://www.amnistia.pt/maratona/

2- Assinar as petições e colocar o código da nossa escola: KGC6.

Obrigada!

Desafio National Geographic – Janeiro

Com vista ao desenvolvimento da literacia científica, os alunos podem participar no Desafio National Geographic da Biblioteca escolar. Os alunos interessados em participar terão que responder a uma questão sobre um dos artigos da revista. O desafio é mensal e o aluno vencedor, cuja divulgação é feita na página da escola, receberá um prémio oferecido pela National Geographic Portugal. Salienta-se o facto de cada aluno só estar autorizado a responder uma única vez ao desafio.

O vencedor do Desafio referente ao mês de Dezembro foi o aluno Luís Chaveiro do 9º A.

Desafio de Janeiro